Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

sábado, 2 de fevereiro de 2008

O tradicional e o moderno na representação da identidade na obra de Moacyr Scliar

A mão negra do destino: o impasse entre o tradicional e o moderno na representação da identidade na obra de Moacyr Scliar.

Autor: Claudete Conceição de Abreu

Resumo: Esta dissertação apresenta a análise das obras A Majestade Xingu (1997) e O exército de um homem só (1997) do autor gaúcho Moacyr Scliar. O objetivo primeiro foi desvendar a identidade representada nas obras, tendo em vista a situação multicultural da produção literária do autor. A análise une alguns pressupostos teóricos da antropologia, que definem identidade sócio-cultural e o papel do indivíduo nessa construção, com pressupostos da análise sociológica da literatura. Assim, obteve-se a chave explicativa para compreender a obra de Scliar, como expressão da tensão entre idéias-valores tradicionais e modernas, analisada através da construção dos narradores, dos heróis e das concepções de destino nas obras.

Observação: Na presente dissertação de mestrado em Letras, a autora aborda a construção e desconstrução da identidade judaica no universo ficcional de Scliar.

Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Titulação:
Mestre em Letras.
Data da defesa: 03/03/2006.
Arquivo: PDF - Texto completo

Nenhum comentário: