Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

domingo, 17 de janeiro de 2010

Solidariedade e resistência em tempos sombrios: as associações judaicas no Estado de São Paulo (1937-1950)

Solidariedade e resistência em tempos sombrios: as associações judaicas no Estado de São Paulo (1937-1950)

Renata Mazzeo Barbosa

Dissertação de mestrado em História Social (USP)

Data da defesa: 16/03/2009.

Resumo: As décadas de 1930-40 causaram uma grande transformação, em nível mundial, na comunidade judaica. Fuga da Europa hitlerista, holocausto e criação do Estado de Israel foram alguns dos acontecimentos que refletiram mudanças na trajetória de toda a comunidade. A emigração forçada iniciada em 1933 gerou a busca por refúgios livres do anti-semitismo. O ischuv na Palestina, região sob o domínio do mandato inglês, não constituía uma opção devido ao regime de cotas à imigração judaica imposto naquele momento. Nessa ocasião, portanto, o Brasil era visto como um porto seguro. No entanto, essa visão transformava-se em miragem assim que esses imigrantes chegavam ao país. Sem contar com a ajuda governamental, em muitos momentos anti-semita manifesta, esses israelitas se viram num território estranho, no qual não possuíam conhecimento da língua, emprego, abrigo ou referências. Esse vácuo deixado pelo governo foi preenchido pela comunidade judaica já estabelecida no país, que, preocupada em receber os recém-chegados reservava a si, a tarefa de ensinar o português, encontrar abrigo e encaminhar a um emprego. Solidariedade, preocupação com a manutenção da cultura, da identidade e da religião judaicas, além de manifestações políticas e ideológicas foram algumas das principais bandeiras levantadas pelas Associações Judaicas estabelecidas no Brasil durante as décadas de 1930-50.


Nenhum comentário: