Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A crise atual do trabalho e seus reflexos na comunidade israelita de Belo Horizonte: o Projeto Aviv

A crise atual do trabalho e seus reflexos na comunidade israelita de Belo Horizonte: o Projeto Aviv

Eleusa Mizrahy Polakiewicz

Dissertação de mestrado em Psicologia (UFMG)

Data de defesa: 2006

Resumo: Esta dissertação se insere no campo da Psicossociologia do Trabalho, disciplina integrante do Mestrado de Psicologia Social da UFMG, e tem como tema a crise atual do trabalho. De caráter qualitativo, o estudo visa a compreender a realidade psicossocial envolvida na procura de trabalho/emprego, seja como trabalhador na condição de desemprego, seja como agente social implicado nessa questão. Toma-se como ponto de partida o empenho do projeto Aviv em responder à demanda de trabalhadores por trabalho/emprego na comunidade israelita de Belo Horizonte, diante da atual crise do trabalho. Teoricamente, este estudo baseou-se na Psicossociologia de orientação francesa, através da obra de Eugène Enriquez, Organização em análise, para considerar as várias dimensões dos fenômenos sociais e, assim, ampliar os conhecimentos nesse campo de estudo. Ao se procurar compreender a realidade envolvida na busca por trabalho/emprego, deparou-se, no projeto Aviv, com a complexidade da crise atual do trabalho em seus desdobramentos sociais e pessoais e, ao mesmo tempo, redimensionou-se o próprio projeto, pela visão de suas limitações e possibilidades frente a esses processos. A análise da comunidade israelita de Belo Horizonte através do projeto Aviv assinala, ainda, processos positivos de mudança, tanto pelo restabelecimento de vínculos comunitários, como pela articulação com a dimensão histórica da categoria trabalho. Temas pertinentes à pesquisa foram desenvolvidos, tais como a crise atual do trabalho, o sujeito no contexto contemporâneo e a questão da identidade, entre outros.

Arquivo em PDF – Texto completo.

Nenhum comentário: