Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

sábado, 1 de outubro de 2011

Mêndele e o pequeno homenzinho

Mêndele e o pequeno homenzinho

  • Genha Migdal
  • Tese de doutorado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica (USP).
  • Data de defesa: 02/03/2011.

Resumo: A presente tese aborda o primeiro livro escrito em ídiche por Mêndele Môikher1 Sfórim, Dos Kleine Mêntshele (O Pequeno Homenzinho) através de várias leituras do mesmo, em mais de uma versão, às quais sucedeu-se uma traduçãocuidadosa para o português. Faz considerações e referências sobre vida e obra do autor, cognominado jocosamente, por Shólem Aleikhem, de o avô da moderna literatura ídiche. Ele foi também um dos precursores do ressurgimento da língua hebraica. Shólem Yákov Abramovitsh, seu verdadeiro nome, foi um dos importantes intelectuais conscientes do momento histórico e do processo linguístico de seu povo, no final do século XIX, no leste europeu, ao qual propunha auto respeito, profissionalização e não renegação do judaísmo. A escolha de seu pseudônimo, Mêndele, o vendedor de livros, serve de pretexto para a sua participação como personagem das histórias, dada a importância e atuação de tal profissional na sociedade retratada. O texto ídiche é permeado de frases e citações em hebraico que foram trazidas para o português no mesmo padrão de linguagem do texto original.

Nenhum comentário: