Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

O Holocausto deve ser uma lição universal

Dia internacional em memória das vítimas do Holocausto. 27 de Janeiro

"O Holocausto deve ser uma lição universal"

Lembrar e consciencializar a sociedade para o genocídio ocorrido durante a Segunda Guerra Mundial é o objectivo desta efeméride

“O Holocausto deve ser uma lição, uma lição universal, numa altura em que continuamos a enfrentar anti-semitismo, xenofobia e racismo, inclusivamente na Europa”, assinala o encarregado de negócios da Embaixada de Israel em Lisboa, Amir Sagie.

Da mesma forma, “devem ser adoptadas leis que proíbam a negação do Holocausto e do anti-semitismo, que infelizmente ainda acontecem em muitos países”, frisou o diplomat, citado pela Lusa.

A Comunidade Israelita de Lisboa assinala hoje, numa cerimónia na Sinagoga de Lisboa, o Dia da Memória das Vítimas do Holocausto, proclamado pelas Nações Unidas em 2005 para ser assinalado a 27 de Janeiro, aniversário da libertação do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, na Polónia.

Numa mensagem para marcar esta data, a alta-comissária de Direitos Humanos das Nações Unidas, Louise Arbour assinala que o dia leva à reflexão e lembrança. A responsável lembra que continuam a existir expressões e manifestações de anti-semitismo. Uma forma de honrar as vítimas do Holocausto é perseguir os esforços para levar protecção a todas as vítimas de violações protegendo também as leis internacionais de direitos humanos, defende.

Extraído de:
FÁTIMA MISSIONÁRIA
(em 27/01/2008)

Nenhum comentário: