Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Comunidade judaica alemã denuncia ataques racistas

Representantes da comunidade judaica na Alemanha se disseram "ultrajados" nesta segunda-feira com os dois incidentes racistas cometidos no fim de semana, a uma semana do 70º aniversário da Noite de Cristal, que marcou o início dos pogroms contra os judeus.


Último Segundo, em 03/11/2008 - De acordo com a polícia berlinense, um rabino e oito alunos de uma Yeshivá (escola de estudos judaicos) foram importunados na madrugada de domingo e insultados por dois desconhecidos, em um carro, na capital alemã. Os dois jogaram um objeto em chamas na direção do microônibus dirigido pelo rabino.


Em Hamburgo (norte), 17 tumbas muçulmanas foram profanadas, sendo que algumas foram cobertas com a estrela de Davi e outras, com uma bandeira com a cruz gamada, segundo a polícia local.


"Segundo as primeiras estimativas das investigações, esse ato anti-semita/racista contra os muçulmanos foi cometido, aparentemente, por pessoas ignorantes, sem qualquer conhecimento político, e tem um caráter único", declarou a polícia de Hamburgo, em um comunicado.


Hoje, o escritório berlinense do Comitê Judaico-Americano (AJC) condenou esses últimos incidentes.


"Nós condenamos com a maior severidade os ataques anti-semitas e qualquer tipo de ataque contra dignitários religiosos e instituições e apelamos às autoridades para que façam tudo que esteja em seu poder para encontrar os culpados e puni-los", disse a diretora do escritório, Deidre Berger.


"Segundo o Ministério do Interior, houve, no primeiro semestre, mais de 500 crimes anti-semitas, uma média de três por dia", comentou, ressaltando que esses dois incidentes destacam a necessidade, por parte do governo, de nomear um responsável encarregado da luta contra o anti-semitismo na Alemanha.


Na terça-feira, os deputados do Bundestag devem adotar uma declaração sobre a luta anti-semita, por ocasião do 70º aniversário da Noite de Cristal, que marcou o início dos primeiros grandes pogroms na Alemanha.


Nenhum comentário: