Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Depois de prisão de membro da Al Qaeda, General Felix cria grupo de prevenção e combate ao Terrorismo


Os artigos sobre Israel sempre atualizados você encontra aqui.



Destaque

Jornal Hoje (11/06/2009)

  • Jardim em Israel encanta os turistas: O Jardim Bahai possui 400 m² e é protegido pela Unesco. O local é uma das paisagens mais espetaculares do país e fica em Raifa, a terceira maior cidade israelense.

Veja mais:

Bahá'í


Reinaldo Azevedo (11/06/2009)
  • Irã vive fim de campanha agressiva que rachou país
  • DEPOIS DE PRISÃO DE MEMBRO DA AL QAEDA, GENERAL FELIX CRIA GRUPO DE PREVENÇÃO E COMBATE AO TERRORISMO: O Gabinete da Segurança Institucional, do general Jorge Félix, órgão que pertence à Presidência da República, criou um grupo interministerial destinado ao “combate e à prevenção do terrorismo” no Brasil (a questão é saber com que lei; já chego ao ponto). A decisão foi tomada depois da prisão do tal libanês que tem ligações com a Al Qaeda. Saibam: não foi o primeiro caso. Outro já havia sido preso, e igualmente solto, em Foz do Iguaçu. Como vocês viram, o governo negou qualquer preocupação na área — Tarso Genro (Justiça) em particular. Para quem, irresponsavelmente, não se dizia preocupado, até que a decisão foi rápida. Para um governo que tivesse juízo, ela tem anos de atraso. A portaria criando o grupo, de nº 22, foi publicada ontem no Diário Oficial. Não é só. Pessoas suspeitas de ligação com o atentado à entidade judaica Amia, de Buenos Aires, têm feito o trajeto Brasil-Irã, Irã-Brasil. Em 1994, o atentado matou 85 pessoas. (...) No dia 27 do mês passado, o caso foi reaberto. Israel, EUA e a própria Justiça argentina acusam o Hezbollah e o Irã pelo ataque. Adiante. Embora o terrorismo seja crime imprescritível na Constituição brasileira, o fato é que inexiste uma lei que defina o que é terrorismo e que especifique uma pena. Adivinhem quem é contra a sua criação? Acertou quem chutou Tarso Genro. Referindo-se àquele membro da Al Qaeda preso no Brasil, este gigante da ética chamou terrorismo de “crime de opinião”. >>> Leia mais, clique aqui.


FSP online (11/06/2009)


Último Segundo (11/06/2009)


Jornal da Globo (10/06/2009)



Leia mais:


Veja mais:

11/06/2009


Nenhum comentário: