Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

terça-feira, 23 de junho de 2009

Israel quer diálogo com Brasil sobre Irã, diz embaixador

Os artigos sobre Israel sempre atualizados você encontra aqui.


Destaque 1


Destaque 2


Destaque 3

MGTV 1ª Edição (22/06/2009)


O Globo, Mundo, pág.26e 27, em 23/06/2009.



O Globo online (23/06/2009)


Reinaldo Azevedo (23/06/2009)


Bom Dia Brasil (23/06/2009)

  • Imagens do terror no Irã circulam pelo mundo: A imprensa internacional tem acesso restrito ao país. Milhões de iranianos enfrentam as limitações do governo para divulgar a realidade do Irã. A morte da jovem Neda é manchete nos jornais britânicos.
  • Não haverá nova eleição no Irã: O governo do Irã não cedeu. Decidiu que não vai haver nova eleição. E anunciou que o presidente Mahmoud Ahmadinejad vai prestar juramento no dia 26 de julho.


Em Cima da Hora (23/06/2009)


G1 (23/06/2009)


FSP (23/06/2009)


FSP online (23/06/2009)

22/06/2009


Estadão (23/06/2009)


JB (23/06/2009)


JB online (23/06/2009)


IHU (23/06/2009)


Correio Braziliense (23/06/2009)


Gazeta do Povo (23/06/2009)


Zero Hora (23/06/2009)


Revista Época (23/06/2009)

  • Paulo Nogueira: Não tenha medo, Neda
  • Paulo Moreira Leite: Obama faz a coisa certa
  • Noivo de Neda acusa milícia por morte: Caspian Makan, o homem que se identificou à imprensa ocidental como fotojornalista e noivo de Neda Agha-Soltan, a iraniana assassinada no fim de semana, acusou nesta terça-feira (23) a milícia islâmica Basij pela morte da garota. De acordo com Makan, a garota de 27 anos, que estudava filosofia e trabalha como guia de turismo, estava presa no trânsito perto do bairro de Amir Abad acompanhada por seu professor de música. Como o dia estava muito quente e os carros não se moviam, devido aos bloqueios ocorridos por conta das manifestações contra as supostas fraudes eleitorais no Irã, Neda e o professor desceram do carro. “Ela saiu do carro por alguns minutos e foi então que atiraram”, disse Makan à BBC Persian TV, canal em farsi da televisão britânica BBC. “As testemunhas disseram e o vídeo mostra claramente que prováveis paramilitares do Basij atiraram nela deliberadamente”, disse.


Último Segundo (23/06/2009)


UOL Internacional / Mídia Global (23/06/2009)


BBC Brasil (22/06/2009)


Pletz (22/06/2009)


Deutsche Welle (22/06/2009)


Martin Kramer (22/06/2009)


Leia mais:


Veja mais:

22/06/2009


Nenhum comentário: