Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

domingo, 1 de novembro de 2009

A faxineira antinazista da Alemanha


Os artigos sobre Israel sempre atualizados você encontra aqui.



Destaque 1

  • A marcação diferencial de objeto no hebraico (Rafael Dias Minussi): O objetivo deste trabalho é discutir a Marca de Diferencial Objeto ‘et, também chamada de Caso acusativo em algumas gramáticas. Entre as principais questões que discutiremos à luz da Morfologia Distribuída (MD) (Cf. HALLE; MARANTZ (1993), MARANTZ (1997) e HALLE (1997)) está a questão de que tipo de contribuição semântica o ‘et traz para as sentenças em que tal marca ocorre. Como resultado da análise dos dados do hebraico em comparação com o Turco, e também com Armênio (Cf. YEGHIAZARYAN (2005)), chegamos a algumas conclusões parciais: (i) o hebraico não apresenta uma especificidade ancorada no discurso e marcada pelo ‘et; (ii) o hebraico apresenta dois tipos de partitivo: um formado com a partícula me e ligado com o contexto precedente e outro formado com o Construct State e que não está ligado com um contexto dado previamente e (iii) entre as principais contribuições semânticas do ‘et estão a marcação de aspecto acabado e a desambigüização entre a leitura de indefinido e a leitura de definido em certos tipos de Construct States.


Destaque 2

  • Reinaldo Azevedo (31/10/2009): VEJA 5 - A Teoria dos Jogos na política: a concessão, a cenoura e o porrete: O matemático israelense, vencedor do Prêmio Nobel de Economia em 2005, usa a Teoria dos Jogos para analisar o conflito no Oriente Médio. Robert Aumann recebeu, em 2005, o Prêmio Nobel de Economia por seus estudos na área da Teoria dos Jogos. Suas teses ajudam a compreender os princípios que regem os conflitos e como se consegue convencer adversários a cooperar entre si. As teorias do judeu ortodoxo de 79 anos têm aplicação prática na economia, na diplomacia, em política e até em religião. Aumann começou a se interessar pelo assunto na década de 50, depois de conhecer John Nash - vencedor do Prêmio Nobel de Economia de 1994 - e de receber a missão de desenvolver estratégias de defesa para os Estados Unidos em plena Guerra Fria. Aumann nasceu na Alemanha e sua família emigrou para os Estados Unidos em 1938, para fugir do nazismo. Um de seus filhos morreu na primeira guerra do Líbano, em 1982. Aumann, que vem ao Brasil no próximo dia 9 para uma série de palestras, concedeu a seguinte entrevista a VEJA, de sua sala na Universidade Hebraica de Jerusalém.


FSP (01/11/2009)


FSP online (01/11/2009)


Terra (01/11/2009)


G1 (01/11/2009)


Último Segundo (01/11/2009)


Uol Internacional / Mídia Global (01/11/2009)

  • DS: A faxineira antinazista da Alemanha: Uma mulher de Berlim está fazendo uma campanha solitária contra as pixações neonazistas, armada com uma raspadeira e removedor de esmalte. Irmela Mensah-Schramm, 63, remove suásticas e cartazes racistas de postes de luz e muros em toda a cidade. É uma batalha sem fim contra os jovens neonazistas, transeuntes que entram com queixas legais, e sobretudo contra a indiferença.


Pletz (01/11/2009)


Aurora Digital (01/11/2009)


Jornal Nacional (31/10/2009)


Em Cima da Hora (31/10/2009)


Leia mais:


Veja mais:

31/10/2009

30/10/2009

29/10/2009

Nenhum comentário: