Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Avatar chega a conflito em Israel

Os artigos sobre Estudos Judaicos e Israel sempre atualizados você encontra aqui.



Destaque 1


Destaque 2

  • Aurora Digital (18/02/2010): Cabalá - La fuerza interna de la Bíblia: Moisés, quien bajo inspiración divina escribió los cimientos de la Biblia, fue encontrado por la hija del antiguo gobernante egipcio, el Faraón, en un pesebre de papiro a la orilla del Nilo. Fue criado en la casa del Faraón y como príncipe, tuvo acceso a todo lo que cualquiera pudiera desear. Hasta que un día, decidió embarcarse en el viaje que lo llevó a descubrir el Mundo Superior. Descubrió que ese no era un lugar físico sobre la tierra sino un mundo interno de sensaciones completamente nuevas y maravillosas, inalcanzables por nuestros cinco sentidos tradicionales. Cuando decimos “un mundo”, la imagen que probablemente nos viene a la mente es un amplio espacio físico lleno de objetos, plantas, animales y personas. Sin embargo, el Mundo Superior es percibido por medio de la interioridad del ser humano, donde uno se conecta con las fuerzas que propulsan la realidad llamada “nuestro mundo”, a través de nuestros cinco sentidos. Y en el punto más alto del Mundo Superior, uno descubre que todas estas fuerzas se conectan a una única y abarcadora Fuerza Superior llamada “Luz Superior”. >>> Leia mais, clique aqui. >>> Conheça a Cabala - antiga e mística tradição judaica


Destaque 3


O Globo (19/02/2010)


FSP (19/02/2010)


FSP online (19/02/2010)


Estadão (19/02/2010)



CB (19/02/2010)


GP (19/02/2010)


Terra (19/02/2010)


G1 (19/02/2010)


Último Segundo (19/02/2010)


Uol Internacional / Mídia Global (19/02/2010)

  • EP: Irã caminha para a ditadura militar
  • DS: O alto preço da deserção dos judeus ortodoxos de Israel: A comunidade de judeus ultra-ortodoxos em Israel tem meio milhão de integrantes e está crescendo. Eles vivem em um universo paralelo, sem contato com o mundo moderno, em comunidades fechadas onde tudo gira em torno da religião. Somente uns poucos ousam abandonar essa vida – e preço pago por isso é elevado. >>> Leia mais, clique aqui.
  • DS: Os esquadrões de assassinato do Mossad: Muitas agências de inteligência são suspeitas de cometer assassinatos, mas nenhuma é tão conhecida por isso quanto o Mossad de Israel. Embora a agência tenha se tornada lendária pelos seus impressionantes sucessos, ela também teve os seus fracassos. Se o Mossad foi o responsável pelo recente assassinato em Dubai, isto poderá ser uma outra mancha na reputação da agência. >>> Leia mais, clique aqui.


Aurora Digital (19/02/2010)


Jornal Hoje (18/02/2010)


Jornal Nacional (18/02/2010)


Jornal da Globo (18/02/2010


Publishnews (18/02/2010)

  • Biografia de Eva Braun e a publicação de Mein kampf na Alemanha: Nova biografia contesta crença de que Eva Braun mantinha relação platônica com ditador nazista e não se envolvia com política. Mein kampf, obra de Hitler proibida na Alemanha, entra em domínio público em 2015. Um grupo de historiadores argumenta que é importante haver uma edição anotada da obra nas livrarias até 2015, quando ela entrará em domínio público, abrindo caminho para que grupos neonazistas publiquem suas próprias versões. O livro está banido da Alemanha desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Desde então, o governo da Bavária detém os direitos autorais da obra, e jamais permitiu que ela fosse editada. Mas pesquisadores do Instituto de História Contemporânea de Munique propuseram a elaboração de uma edição crítica do livro, criando uma divergência dentro do governo bávaro. A secretaria da Fazenda, a quem cabe a administração dos direitos autorais, rejeitou a proposta, mas o secretário de Ciência se manifestou a favor.


Arutz Sheva (18/02/2010)


Deutsche Welle (18/02/2010)


BBC Brasil (18/02/2010)


Carta Maior (17/02/2010)


Revista Época / Fala Mundo (17/02/2010)

  • Palestinos vestidos como personagens de Avatar entram em conflito com Exército israelense: Um grupo de militantes palestinos encontrou uma forma no mínimo inusitada para protestar contra Israel. Vestidos como personagens do filme Avatar, os ativistas realizaram manifestações simultâneas na vila de Bilin, próximo a Ramallah, na Cisjordânia, e no bairro Sheikh Jarrah, em Jerusalém oriental. Segundo os manifestantes, a intenção era passar ao mundo a ideia de que os palestinos vivem uma situação análoga à da população Na’vi, de Avatar. O protesto em Sheikh Jarrah, que reclamava do despejo de palestinos para dar lugar a assentamentos judeus, foi pacífico. Em Bilin, entretanto, os “palestinos Na’vi” tentaram derrubar edificações de uma barreira israelense e o Exército respondeu com bombas de gás lacrimogênio. Na história dirigida por James Cameron, que recebeu nove indicações ao Oscar 2010, os Na’vi são a população indígena da lua Pandora, que é parcialmente ocupada por seres humanos. Para evitar a ameaça dos Na’vi, os humanos vivem protegidos por muros. A vila de Bilin, por sua vez, foi ocupada por Israel na Guerra dos Seis Dias (1967), e desde 1995 passou a ser controlada pela Autoridade Nacional Palestina. O problema é que Bilin é vizinha da barreira erguida por Israel na Cisjordânia, e viu seu território diminuído pelas construções israelenses, se tornando um ponto de conflito entre árabes e judeus. O protesto ocorreu na sexta-feira, um dia depois de Israel anunciar que iria começar a modificar o desenho da barreira para devolver uma parte do espaço a Bilin.


Leia mais:


Veja mais:

18/02/2010

17/02/2010

16/02/210


Nenhum comentário: