Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Translate

Seguidores

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Judeus religiosos ganham força no Exército de Israel


Os artigos sobre Israel sempre atualizados você encontra aqui.



Destaque 1

Segue a programação do IV Encontro de Letras Orientais e Eslavas – Memórias e Imagens promovido pelo Departamento de Letras Orientais e Eslavas (FL/UFRJ), nos dias 22, 23 e 24 de setembro de 2009, na Faculdade de Letras da UFRJ (Cidade Universitária, Ilha do Fundão).


Convite - Abertura: Conferência do Professora Dra. Mônica Grin (NIEJ e PPGHIS/UFRJ), intitulada Estudos Judaicos no Brasil: em busca de uma nova agenda - a ser realizada às 9:00h do dia 22 de setembro de 2009, no Auditório G1 da Faculdade de Letras da UFRJ.


Veja mais:


Destaque 2


Destaque 3


Destaque 4


FSP (11/09/2009)

  • Questão nuclear: Proposta do Irã é aproveitável, diz Rússia
  • Israel: País quer paz, mas não é otário, diz premiê: Dias antes de receber o enviado especial dos EUA ao Oriente Médio para acordar a paralisação da construção de assentamentos judaicos na Cisjordânia, Binyamin Netanyahu disse a correligionários que o país está pronto a fazer concessões, desde que os colonos possam continuar a viver sua vidas normalmente. "Queremos a paz, mas não estamos prontos para ser otários", disse. A Autoridade Nacional Palestina condiciona a paz ao fim dos assentamentos na Cisjordânia.


FSP online (11/09/2009)


ZH (11/09/2009)


CB (11/09/2009)


GP (11/09/2009)


Terra (11/09/2009)


G1 (11/09/2009)


Último Segundo (11/09/2009)


Uol Internacional / Mídia Global (11/09/2009)

  • HT: Legado de "Leão" é faca de dois gumes para Abdullah
  • PM: A Cisjordânia toma forma: A morte de centenas de civis inocentes durante a brutal ofensiva de Israel, no inverno setentrional de 2008-2009, contra uma Faixa de Gaza governada pelo Hamas, gerou indignação em todo o mundo. Mas, para surpresa de todos - incluindo o establishment militar israelense -, a Cisjordânia não explodiu em protestos violentos contra a guerra. Após 40 anos de ocupação, tem-se a impressão de que muitos moradores da Cisjordânia deixaram de acreditar na resistência violenta. >>> Leia mais, clique aqui.


Deutsche Welle (11/00/2009)


BBC Brasil (10/09/2009)


Un écho d’Israël (10/09/2009)


Leia mais:


Veja mais:

10/09/2009

09/09/2009

08/09/2009

07/09/2009

06/07/2009

Nenhum comentário: